Top bartenders de São Paulo fazem drinques em colaboração no Eataly

O Brace Bar, do Eataly, reuniu feras para preparar os drinques de sua nova carta. Estão no projeto Bar a 4 Mãos Derivan de Souza, Jean Ponce, Laércio Zulu, Rodolfo Bob e a mixologista da casa, Dudah Bonatto. Sabores para todos os gostos e muito amor em forma de coquetel

Por Sergio Crusco

eataly-derivan
Derivan de Souza apresenta o Ischia, drinque feito com ingredientes italianos e “amor de coração cheio”

“Vocês devem se lembrar daquela frase do filme Candelabro Italiano: ‘Um casal que bebe Strega junto nunca se separa’”. Assim começa a alquimia do bartender Derivan de Souza. Seu desafio é preparar uma poção mágica que lembre o elemento água e, das lembranças da Itália, especialmente da Ilha de Ischia, traz os componentes para sua nova criação. Além do Strega (licor das bruxas, que já vem com dose mística), ele usa grappa, vermute Carpano Rosso e uma infusão de água de margaridas “que esses meninos modernos me ajudaram a fazer”. O último ingrediente vem de forma mimosa, uma pipeta para injetar o líquido florido no coquetel.

Mas falta um toque final, não menos mágico e essencial, segredo que Derivan não guarda, espalha com simpatia e gestos largos. “É preciso misturar 10% a 15% de amor no coquetel. Amor de coração cheio. Amor, muito amor. Saúde!”, finaliza. E a plateia explode em aplausos.

Vamos provar? O Ischia, do Mestre Derivan, é sutil, refrescante e levemente adocicado. Um dos oito novos drinques que entram na carta do Brace Bar, do Eataly, no projeto batizado de Bar a 4 Mãos. Além de Derivan, estão na parada os bartenders convidados Jean Ponce, Laércio Zulu, Rodolfo Bob e Dudah Bonatto, mixologista da casa. Cada convidado criou um drinque com inspiração em um elemento – água, fogo, terra e ar – e Dudah também elaborou quatro.

Eataly-Zulu
Laércio Zulu apresenta o Terra Nostra, mistura de Brasil com Itália: cachaças, limão, mel, bitter e vinho Chianti

Laércio Zulu, baianamente, quis brincar com influências italianas e brasileiras no Terra Nostra (elemento terra, portanto), com cachaça branca, cachaça envelhecida em bálsamo, suco de limão siciliano, mel, bitter e vinho Chianti. O resultado é cítrico e refrescante.

Jean Ponce, representando o elemento ar, também apostou na cachaça branca, só que turbinada com pimenta biquinho, raiz forte, limoncello, polpas de maracujá e tangerina. Picante, sem perder a sutileza, o Radice, coquetel, do elemento ar, faz a gente querer mais.

O professor de coquetelaria e consultor Rodolfo Bob, da empresa O Bar Virtual, apresentou o Grappafuoco (fogo, tá na cara), com grappa, limão siciliano assado com especiarias, bitter, água gaseificada e spray de temperos típicos. Um coquetel denso, potente e cheio de texturas, para se beber devagarinho.

A anfitriã Dudah Bonatto mostrou, na inauguração do projeto, sua mistura “água”. O La Clementina leva gim, aveia, mel de tangerina, suco de limão siciliano, spray de ervas e flor. Quis um drinque de caráter denso, porém delicado, que lembrasse o leite materno. A florzinha que decora o coquetel, segundo ela, dá boas vindas ao visitante. Quer dizer, amor de coração cheio mais uma vez.

Eataly Bar A4 todos2 - edit
Jean Ponce, Derivan de Souza, Dudah Bonatto, Laércio Zulu e Rodolfo Bob brindam ao final da apresentação do projeto Bar a 4 Mãos no Eataly

*

BARTENDERS AO VIVO E EM CURSOS ESPECIAIS

Se você quiser encontrar seu bartender predileto no Eataly durante a temporada de lançamento do Bar a 4 Mãos, eles estarão por lá em outubro, sempre às quartas, a partir do dia 7, das 19h30 às 22h, fazendo seus coquetéis e conversando com o público. Anote a programação:

Eataly-Jean Ponce coquetel
O coquetel com cachaça Radice, de Jean Ponce: doçura das frutas e ardência da pimenta e da raiz forte

7 de outubro –  Rodolfo Bob

14 de outubro – Laércio Zulu

21 de outubro – Derivan de Souza

28 de outubro – Jean Ponce

Nestas datas, ao pedir um drinque da carta do Brace e um do bartender convidado, o preço será de R$ 40,00 para os dois coquetéis, informa a casa.

E para quem quiser se aprofundar na arte da coquetelaria, estão agendados alguns cursos espertos por lá:

20/11 – das 19h30 às 21h30 – Curso de Caipirinhas com o Mestre Derivan: a aula, em parceria com a Escola de Coqueletaria Pro Drinks vai ensinar tudo o que está por trás do drinque mais famoso do Brasil, desde sua história até modo de preparo e variações.

3/12 – das 19h30 às 21h30 – Curso “Coquetelaria di ispirazione” com Rodolfo Bob: vai abordar teoria e prática de drinques com vermutes, amaros, coquetéis como Negroni e Aperol Spritz. Bob também vai ensinar uma receita especial de bebida para as festas de final de ano.

Inscrições e informações detalhadas da programação podem ser obtidos pelo o email cursos@eataly.com.br ou pelo telefone (11) 3279-3300.

Para conferir os horários do Brace Bar e de outros restaurantes do complexo de gulodices, dá um look no site do Eataly.

Música que combina com bartender preparando coquetel

*

Créditos das fotos: Sergio Crusco, exceto bartenders reunidos (Divulgação)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s