The Fine Art une música, coquetelaria clássica e os convidados especiais de Laércio Zulu no Anexo São Bento

Uma vez por mês o bartender Laércio Zulu recebe convidados para o The Fine Art, projeto que revisita coquetéis históricos e não tem repeteco. A nova festa acontece no dia 19 de abril e quem perder terá de esperar pelas próximas surpresas

Por Sergio Crusco / Fotos Leo Feltran

zulu_e_companhia
Laércio Zulu e seus convidados do próximo The Fine Art, Abelardo Oliveira e Sylas Rocha

Tá nas bocas, como diria Aracy de Almeida (que de tão homenageada por nós já virou patrona do Dringue). The Fine Art, a festa de música e coquetéis fantásticos bolada por Laércio Zulu no Anexo São Bento, em São Paulo, foi um sucesso já na primeira edição, que teve como convidado de honra o bartender Marcelo Serrano, criando drinques em parceria com o anfitrião. O plá do projeto, segundo Zulu, é reverenciar a coquetelaria clássica ocidental, período longo que se estende de 1860 até o começo dos anos 1960 e trá lá lá. Um século de alquimias, já pensou? E ainda música ao vivo com os melhores músicos de jazz sacudido da cidade.

Com o Anexo lotado de gente curtindo bons dringues e o som da banda Groofbogaloo, Zulu coçava a cabeça quando alguém lhe perguntava quando seria o próximo encontro. “Ainda não pensamos nisso, mas a ideia é que tenha uma periodicidade”, explicou. Agora é oficial: o Fine Art deve acontecer todo mês e o próximo está marcado para dia 19 de abril, com o auxílio luxuoso de Sylas Rocha, um dos destaques da coqueteleria paulistana no ano passado com o lançamento do speakeasy Frigobar (leia aqui).

zulu_americano
Americano Twist, clássico recriado por Zulu especialmente para a festa

Sylas promete incendiar a casa com algumas demonstrações de flair bartending, aquela paradinha acrobática com copos, coqueteleiras, garrafas e outros apetrechos de bar. Assina os coquetéis Irish Ginger Lemon (uísque, ginger ale e limão siciliano) e Kamikaze (vodca, triple sec e limão). Zulu entra na jogada com uma releitura do clássico Americano Twist (vinho com infusão de ervas, bitters e água com gás aromatizada com limão). Abelardo Oliveira, bartender do Anexo, traz sua versão de Piña Colada, drinque tiki por excelência, com água e polpa de coco, abacaxi e rum.

O Fine Art é assim: perdeu, não tem repeteco.  Aí é esperar um mês para saber quais serão as novidades e os próximos convidados de Zulu. A festa deve sempre acontecer nos dias menos agitados da semana, segunda ou terça. Portanto, se tem compromisso sério no dia seguinte, vá com calma ou tente dar o trucão do energético logo cedo.

Anota aí: The Fine Art, dia 19 de abril, no Anexo São Bento, Rua Leopoldo Couto Magalhães Jr., 480, Itaim, tel. (11) 3074-4389. Horário da festa: das 20h às 1h

fine art
Comece a ficar em dúvida desde já – ou escolha todos eles

No próximo Fine Art, a música ficará a cargo do guitarrista Marcinho Eiras – e ainda não sabemos que apito ele vai tocar. Ficamos então com o boogaloo – uma das coisas mais dançantes do mundo – representado pela banda paulistana Groofboogaloo (e mais um punhado de gente bamba), que animou a primeira noite.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s